Negócios,  Notícias

Covid-19 e varejo têxtil

a importância de unirmos esforços em prol da proteção da força de trabalho

Autor: Edmundo Lima

Todos temos acompanhado as ações do varejo têxtil para minimizar os efeitos da disseminação do Covid-19. A rápida propagação do vírus pelo mundo tem levado lideranças de vários países a implementar medidas restritivas.

A paralisação das atividades impõe uma série de desafios que devem ser enfrentados simultaneamente. Nesse contexto, é impossível prever quantitativamente quais serão os impactos para a economia global, mas o fato é que serão muito relevantes. A única certeza é que o momento traz muitas reflexões, incertezas e a necessidade de rápidas tomadas de decisão. 

Nós, da Associação Brasileira do Varejo Têxtil, e nossos associados temos colaborado com iniciativas para proteção das pessoas e prevenir o agravamento da pandemia, ao mesmo tempo em que temos levado ao governo propostas de medidas para flexibilização tributária e disponibilização de recursos financeiros para liquidez da economia e amparo social.

Mais do que nunca, temos pensado em ações de apoio a cadeia produtiva. E nossos anseios estão alinhados com as das entidades representativas, empresas e demais setores pelo mundo afora. 

De acordo com o estudo “Resiliência Empresarial – Plano de Gestão de Crise: COVID-19”, realizado pela Ernst & Young (EY), empresa conhecida mundialmente pelos serviços de auditoria, consultoria, impostos e transações corporativas, neste período, a proteção da força de trabalho deve estar no topo da lista das prioridades das empresas. 

O conteúdo ainda compila insights para a elaboração de planos de gestão de crise, recuperação e continuidade dos negócios. As ideias abrangem ações para diversas esferas importantes para empresas, colaboradores, clientes, cadeia produtiva, além das áreas para investidores, jurídica, financeira e tesouraria.

Nesta época de incertezas, a pesquisa coloca como fundamental uma análise da cadeia de ponta a ponta, levando em consideração a conexão constante e dinâmica com todos os stakeholders. 

Em um mundo com restrições e dificuldades na mobilidade de bens e serviços, é importante trabalhar conectado e integrado com os principais fornecedores. As informações devem ser transparentes, apropriadas e certeiras para um melhor planejamento da produção.

Na necessidade de encontrar peças e substituir matérias-primas, por exemplo, é de suma importância estabelecer parcerias com fornecedores que cumprem as legislações vigentes. 

Desde 2010, o Programa ABVTEX vem com essa premissa de reforçar o uso do trabalho digno na cadeia de moda do Brasil ou de varejistas com forte atuação aqui e, mais do que nunca, fica o convite para que mais marcas se juntem a nós nesta luta por uma moda mais justa e transparente.

Para que o varejo têxtil e o mundo saiam é essencial serenidade e união de esforços para encontrarmos as melhores soluções. 

Fonte original: https://www.linkedin.com/pulse/covid-19-e-varejo-t%C3%AAxtil-import%C3%A2ncia-de-unirmos-esfor%C3%A7os-edmundo-lima/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *