notícias tendências

O impacto do Coronavírus na moda

modelo desfila na Paris Fashion Week Instagram/Reprodução

O COVID-19 é um vírus que causa uma variedade de condições, do resfriado comum a doenças mais graves, como síndromes respiratórias. A principal preocupação com este vírus é a sua rápida transmissão. Assim, o cancelamento de diversos eventos e atividades estão acontecendo pelo globo e no mundo da moda não poderia ser diferente:

Desfiles durante a semana de moda em Londres foram cancelados, assim como os de Milão e outras 3 semanas de moda. Em São Paulo, estava previsto para acontecer o SPFW em abril, o que também já foi cancelado, visando a preservação da saúde e bem estar de todos os envolvidos.

Crises assim nos despertam para as oportunidades de inovação. Marcas e a produção dos desfiles estão planejando realizar transmissões online, como o caso do desfile Fall Winter 20-21 da Armani..

Mas, qual será o impacto econômico desta paralisação?

As marcas de luxo podem enfrentar um grande declínio no lucro anual, uma vez que seu principal consumidor é a China;
Grandes indústrias têxteis por todo mundo pararam suas produções. .
As perdas no setor têxtil asiático podem chegar a cerca de 238 milhões de dólares, especialmente no Vietnã;
Também não podemos deixar de considerar que a demanda da população por produtos de vestuário diminuirá nas próximas semanas, uma vez que as recomendações da OMS foram de permanecer em casa.

© EPA Londres Fashion Week 2020

Com isso, as marcas devem captar o Zeitgeist (o espírito da época) deste momento para se reinventar com novas estratégias de venda e investir na comunicação virtual, preservando suas vendas e reduzindo perdas. Mas até mais do que planos de negócios, é um momento que abre espaço para vanguardistas e novas formas de se fazer moda. .
A sustentabilidade se fortalece mais um vez na reflexão do que é essencial.

FONTES: VEJA Rio | Folha de Londrina | Marie Claire | Fashion Network

Você também pode gostar...